cordas resistencia ambiente
Selaria

Como cuidar de seus laços ou cordas

cordas e laços
Saiba quais os cuidados tomar com cordas e laços

Graib Bray da Equibrand Cop. fala sobre os cuidados que todo laçador deve ter com suas cordas.

Bray trabalha em uma companhia que fabrica cordas e recebe muitas perguntas sobre cordas. Uma das questões mais populares é sobre as condições climaticas. Laçadores querem saber porque tem a sensação que sua corda varia conforme as variações de temperatura.

Para entender como o clima interfere em uma corda, primeiro você deve saber do que é feita uma corda. As cordas da Classic são feitas de nylon, que é um produto sintético feito de fibras de petróleo. Estas fibras são flexíveis, que permitem que as cordas estiquem. Diferentes condições climáticas afetam estas fibras resultando numa ligeira mudança no configuração da corda como foi torcida originalmente na fabricação.

Reação à temperatura

cordas resistencia ambiente
As cordas são resistentes ao ambiente externo

O calor faz com que estas fibras se alterem. Portanto  a corda ficará mais dura e firme. A luz solar acelera esse processo. Durante o verão é melhor guardar sua corda em um lugar fresco ou pelo menos em uma área sombreada.

Temperaturas amenas fazem com que as fibras voltem no lugar. Como resultado os tentos da corda voltam ao normal e a corda fica mais suave. Um pouco de calor e lugares secos, sob estas condições são a melhor forma para guardar sua corda.

Embora a temperatura possa afetar todas as coras, é importante saber que cordas com miolo como a Powerline, XR4 e a Bullseye são menos afetadas pelo clima. O  miolo ajuda a estabilizar a corda na mudança do clima.

Ajustes são feitos na fabricação das cordas para que haja um equilíbrio em diferentes regiões e climas. Contudo o país é muito grande com diferentes condições climáticas.  Cabe a cada laçador escolher uma corda que esteja apta para suportar o clima de sua região e cuidar para protegê-la do clima

Craig Bray

Fonte: http://www.teamroper.com/roping

 

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *