Saiba mais sobre a criação de cavalos

A criação de cavalos, além de ser um hobby, pode ser uma excelente oportunidade para investir tanto o seu tempo quanto o seu dinheiro. Os equinos despertam uma paixão singular em algumas pessoas devido à sua beleza, porte, e à praticidade que adicionam ao dia a dia de propriedades rurais. Para quem tem pensado em entrar no ramo, seja com objetivo comercial ou por diversão, selecionamos algumas informações relevantes.

Criação de cavalos – uma grande oportunidade

A crise econômica que se abateu sobre o Brasil nos últimos anos não teve grandes reflexos no mercado de criação e venda de cavalos. O setor continuou aquecido, representando assim uma ótima oportunidade de crescimento. Para se ter uma ideia esse mercado movimenta mais de R$ 16 bilhões anualmente, chamando a atenção de empresários que buscam novos investimentos.

Como iniciar a criação de cavalos

Local adequado: para ter uma criação de cavalos lucrativa é fundamental investir numa estrutura adequada para a criação dos equinos, pois assim se garante que eles não se tornarão ariscos, algo que desvaloriza o animal no mercado.

Saúde: criar cavalos é uma atividade que demanda a formação de uma equipe consistente de veterinários, pois a saúde e a estética dos equinos precisam estar sempre em evidência. Problemas de saúde nos cavalos costumam ser facilmente percebidos por alterações na sua aparência. Se o pêlo não está macio e brilhante com certeza tem algo errado.

Principais raças de cavalos

Na hora de escolher as raças de cavalo para criação é necessário levar em conta quais são os objetivos definidos para os animais. Os empresários que pretendem atuar com a venda de cavalos devem direcionar suas escolhas para opções como o Mangalarga, de maior porte e aparência destacada com pêlos chamativos e de brilho intenso. Um exemplar dessa raça pode ser vendido por até R$ 50 mil.

Há raças de cavalos indicadas tanto para a venda como para a criação, como Puro Sangue Inglês, Quarto de Milha, Danish Warmblood, Friesian, Bretão, Crioulo e outros. Se o foco não é comercializar cavalos, é possível apostar em raças com menor preço comercial, como a Campolina, originada por meio do cruzamento de outras raças.

Cuidados com os cavalos

Ao decidir criar cavalos é fundamental compreender que existem alguns cuidados que devem ser tomados para que eles conservem a sua saúde e aparência impecáveis. Novamente ressaltamos que um animal cujo pêlo não tem brilho ou que apresenta comportamento arisco é naturalmente desvalorizado no mercado.

Alimentação

Os cavalos da sua criação devem ter acompanhamento nutricional de um veterinário para que não tenham problemas com a falta de nutrientes e não desenvolvam anemia ou sobrepeso. A dieta dos cavalos deve ser simples e equilibrada para ele se manter saudável a longo prazo. Dentre as opções para a alimentação dos animais estão o feno, sais, mistura de grãos e outros. Cada raça tem as suas próprias peculiaridades em relação às necessidades nutricionais.

Limpeza dos cavalos

O processo de limpeza dos cavalos tem grande relevância para a manutenção da criação, pois permite que sejam identificados problemas em sua pelagem ou nos seus cascos. No caso dos cavalos para montaria é importante que a limpeza seja feita sempre após a montagem.

Escovando os pêlos

Como já foi mencionado nesse artigo, a boa saúde dos equinos pode ser atestada também por sua aparência, especialmente pelo brilho do pêlo. Uma forma de manter a pelagem bonita e saudável é escovando-a diariamente, especialmente depois de cavalgar com o animal.

Mais que um cuidado de limpeza, escovar os pelos do cavalo é também uma atividade que permite deixá-lo relaxado, já que também funciona como uma espécie de massagem que melhora a circulação sanguínea e os reflexos musculares. Quando for escovar o equino, jamais se posicione atrás dele, pois pode levar um coice.

A escovação deve ser feita utilizando uma cardoa, escova de pêlos duros que ajuda a arrumar a crina e a cauda do equino. Escovas de borracha também podem ser boas para essa função. Evite escovas de plástico, que causam fricção, e escovas de metal, que podem machucar o cavalo. Você poderá saber mais sobre como deixar a pelagem dos cavalos impecável aqui.

Não descuide dos cascos

A cada seis meses os cascos dos cavalos devem ser aparados e limados. Para não machucar o equino, recomenda-se que esse procedimento seja feito por um ferreiro. Para os cavalos que usam ferraduras, a dica é trocá-las a cada seis meses.