Dicas Para Cuidar de Gado Leiteiro

Quem deseja investir num segmento agropecuário que tem apresentado crescimento significativo anualmente e que demanda investimento inicial baixo deve considerar criar gado leiteiro. Com um pequeno rebanho numa propriedade com espaço reduzido é possível começar a sua produção. Aos poucos, a criação do gado de leite vai oferecendo o retorno desejado.

Como Criar Gado Leiteiro

Trabalhar com gado leiteiro é um dos melhores negócios do segmento agropecuário, pois oferece retorno significativo, dispensando um investimento voluptuoso em animais ou espaço. O setor de agronegócios foi um dos únicos a se manter estável, mesmo no pior momento da crise. O leite é uma das bebidas mais consumidas do mundo e sempre encontra seu espaço no mercado.

Espaço por cabeça

Destacamos que não é necessário ter uma propriedade muito extensa para iniciar a criação do gado leiteiro, no entanto, observe que cada cabeça de gado deve ter pelo menos 1 hectare para ter a qualidade de vida que implicará na qualidade do leite. Se o seu espaço é reduzido, opte por menos animais na propriedade.

Estrutura

Será necessário construir um estábulo para abrigar os animais, protegendo-os de intempéries do tempo, como a chuva e o frio. Desenvolva essa estrutura de modo que o gado tenha espaço suficiente para descansar com qualidade. Também é importante que haja um curral com estrutura compatível para que o gado possa se alimentar e beber água. O ideal é que as estruturas sejam feitas de madeira de qualidade e que estejam sempre devidamente limpas.

Localização da propriedade

Essa dica é especial para quem ainda não comprou a propriedade em que pretende iniciar a criação. Observe que para garantir a produção de leite de qualidade superior é essencial que os animais tenham tranquilidade. Por isso, é necessário encontrar um espaço numa área rural que esteja afastada do barulho do tráfego de carros. Contudo, não deixe de considerar que a fazenda não pode estar muito isolada: será preciso escoar a sua produção.

Pasto de qualidade

Pensando na saúde e bem-estar do gado leiteiro é crucial oferecer um pasto de qualidade mesmo que se esteja utilizando uma ração balanceada para a alimentação.

Alimentação

Já que citamos a alimentação no tópico anterior, é fundamental esclarecer a relevância de que ela seja planejada de acordo com os objetivos da criação de gado. A produção de leite em quantidade e qualidade exigidas pelo mercado dependerá da concentração ideal de nutrientes nas refeições do gado. As vacas devem ser alimentadas três vezes ao dia com sal grosso e farelo. Para que possam comer, precisam ter os seus cochos. Deve-se oferecer água limpa e fresca para os animais pelo menos duas vezes ao dia.

Higienização

O cuidado com a higiene é fundamental. Estábulo e curral devem ser devidamente limpos todos os dias. No momento de definir onde estará o pasto, verifique para que fique longe de substâncias tóxicas. Os locais como cochos e bebedouros devem ser devidamente higienizados todos os dias: não deixe que resíduos permaneçam de uma alimentação para outra, pois isso pode prejudicar a saúde dos animais.

Equipamentos de ordenha

Inicialmente, uma produção menor de leite não precisa necessariamente de equipamentos de ordenha. Contudo, para estabelecer o ritmo adequado é importante contar com pessoal treinado e em número suficiente para a colheita do leite. Independentemente de realizar a extração manual ou por meio de equipamentos, é fundamental ficar atento à higienização.

As vacas devem passar por processos de higienização, assim como os equipamentos e o pessoal que irá executar esse trabalho. Aprender o máximo possível a respeito do processo de ordenha das vacas é fundamental para quem deseja entrar nesse setor do mercado.

Cuidados veterinários

O seu gado leiteiro deverá contar com acompanhamento veterinário adequado para evitar que desenvolva quaisquer tipos de doenças que possam impactar na qualidade do leite. Observe que, quanto mais saudáveis estiverem os animais do seu plantel, melhor será a qualidade do leite. Por isso, alguns cuidados são cruciais. Além disso, há uma intensa fiscalização nesse segmento, pois o leite é um dos alimentos base da população brasileira.

Especialização é tudo

Para sair na frente dos seus concorrentes é fundamental que haja investimento em especialização para atuar nesse segmento. O conhecimento é a base para se consolidar em qualquer mercado, especialmente nesse que envolve questões sanitárias de grande peso.

Para ter um agronegócio de gado leiteiro produtivo é essencial pensar tanto em termos de desenvolvimento de estrutura como de escoamento da produção para o mercado. A saúde e bem-estar dos animais deve estar no topo da lista de prioridades, afinal, são eles os responsáveis pela base do negócio.