Saiba a diferença entre a corda de cabeça e a corda de pé

Corda de Cabeça e Corda de Pé
Corda de Cabeça e Corda de Pé – Saiba mais

 

O desenvolvimento de modalidades esportivas de laço fez com que fossem criados modelos de corda de cabeça e pé pensados para oferecer mais precisão e qualidade no ato de laçar os animais. Antes, o laço era uma atividade restrita ao cotidiano de fazenda, não demandando materiais de alto desempenho, laços de couro eram comuns para essa finalidade. Continue lendo para saber mais sobre as cordas usados para atividades de laço.

Quais são as diferenças entre corda de cabeça e de pé?

A corda de pé se difere da corda de cabeça tanto na textura quando no tamanho. A seguir vamos apresentar esses tópicos com mais detalhes. Vale dizer que diferentes modalidades esportivas demandam tipos de cordas variados de acordo com o que se espera obter de resultado.

1 – Comprimento

Para dar um bom laço de cowboy na modalidade de Team Roping, é essencial contar com cordas de boa qualidade. A principal diferença entre a corda de cabeça e a de pé diz respeito ao comprimento de cada uma. De maneira geral, a corda de laço de cabeça mede 9,50 metros, enquanto a de laço de pé mede 10,6. Sendo assim, a diferença entre elas é de 1,10 metros. A corda para laço individual mede 8,50 metros e, além de mais curta, é mais grossa.

2 – Texturas

Para o laço cowboy de cabeça são usadas cordas com textura mais macia, sendo que as mais conhecidas são: macia média (médium-soft), macia (soft) e extra macia (extra-soft). Já para o laço de pé, a corda deve ter uma textura mais firme com destaque para: dura média (Mediumhard), média dura (hard-medium), média (médium) e macia média (médium soft). 

Algo importante de mencionar é que as fabricantes nomeiam as suas cordas de formas diferentes, no entanto, a classificação da textura mantém o mesmo nome em todas as marcas. 

Do que são feitas as cordas de laço?

Uma corda de cowboy para modalidades como Team Roping e Laço Individual é feita geralmente de materiais sintéticos, como polímeros (polipropileno, poliéster e poliamida) e nylon. A modalidade de Laço Comprido utiliza cordas de couro trançado que podem ter até 20 metros de comprimento. 

O que são tentos?

Para fazer uma escolha de corda mais assertiva para o laço de cabeça e o de pé, é importante entender o que são tentos. Basicamente, tentos são os cabos torcidos que dão forma à corda. Em geral, as cordas usam entre três e quatro tentos, os adeptos da prática de Team Roping costumam dar preferência para as cordas com quatro tentos. 

Como os laçadores escolhem as suas cordas?

Essa é uma questão que depende do gosto pessoal e de como o indivíduo pretende usar laço de cowboy, alguns preferem contar com cordas mais pesadas, enquanto outros gostam das cordas mais finas e leves. 

Como o laço de cowboy é feito?

Para fechar este artigo com chave de ouro, vamos ensinar como fazer um laço de cowboy, então, separe a sua corda e siga os passos apresentados abaixo.

Passo 1 – Escolhendo o comprimento da corda

É essencial que a corda escolhida tenha comprimento suficiente para dar o nó, formar o laço e balançá-la sobre a cabeça. De maneira geral, para um adulto o tamanho de 9 metros é ideal. Se sobrar corda é possível enrolar e carregar. Para quem vai usar efetivamente o laço, é bom que a corda seja fina e bem resistente.

Passo 2 – Dê um nó simples

Basta dar um nó simples, para isso faça um círculo com a corda e passe uma ponta por dentro dela. É essencial não apertar o nó, deixando-o solto para que seja mais fácil trabalhar com a corda. A aparência deve ser de uma letra “O” com nó solto embaixo.

Passo 3 – Passando a ponta por dentro da corda

Você deverá pegar a ponta menor segurando-a e, então, passando-a ao redor e em cima do “O”. Será necessário amarrar a parte da corda entre a parte externa do “O” formado no passo anterior e ela mesma. Continue puxando a corda cerca de 15 centímetros, de maneira que um círculo novo se forme na base do laço. 

Passo 4 – Apertando o nó

Neste passo, você deverá puxar a ponta solta (que é a parte que você deverá segurar quando for laçar algo) e o círculo que acabou de ser criado. Cuide para não puxar a ponta da corda para fora do nó. Ao terminar, terá um nó firme na base do seu pequeno círculo, isso é o que se chama de nó Honda. 

Passo 5 – Ponta solta pelo nó Honda

A ponta solta deverá ser passada pelo nó Honda, criando um círculo funcional. Com isso, toda vez que você puxar a extremidade que está solta na sua corda terá um laço mais apertado para laçar o objeto. 

Gostou de conhecer um pouco mais sobre o universo country e as cordas que são usadas pelos cowboys? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe em suas redes sociais!