Leilão de gado
Curiosidades

Leilão de gado: Dicas para fazer sempre um bom negócio

Um evento de leilão de gado é uma excelente alternativa para comprar bons animais, pois nesses eventos há oferta de grande variedade de raças bovinas, assim como os preços são mais bem tabelados. Com algumas dicas é possível fazer ótimos negócios, continue lendo e se prepare para o próximo evento!

Leilão de gado: dicas para fazer bons negócios

Você pretende comprar gado em leilões? Então vai gostar de conferir as dicas que listamos abaixo para fechar ótimos negócios!

Procure animais de acordo com a finalidade

No universo do gado há diversas raças bovinas, sendo que algumas são mais indicadas para corte, enquanto outras para leite ou para reprodução. Por isso, é importante ter em mente a finalidade para que se quer o animal e pesquisar as melhores opções de raças que estarão disponíveis no leilão. Sem essa preparação, você pode acabar adquirindo animais que não atenderão à sua expectativa.

Analise o espaço e condições financeiras para a criação

Mais um ponto relevante de considerar antes de adquirir um animal em um leilão é o espaço que você tem disponível em sua propriedade para criá-lo. Além disso, esse animal demanda algum cuidado especial? Você tem condições financeiras para mantê-lo em médio e longo prazo? O animal em questão trará retorno suficiente que justifique o investimento?

Verifique a saúde do animal antes da compra

Antes de comprar um animal em um leilão, é essencial que você verifique as condições de saúde dele. Confira as informações fornecidas pelos organizadores do evento em relação ao histórico veterinário do gado. Você pode verificar por observação se o gado estiver mancando, por exemplo. Se estiver, saiba que é mau sinal.

No caso de quem vai adquirir gado leiteiro, a dica é observar o úbere, ele deve estar sempre para frente e firme enquanto o animal está caminhando. O úbere não deve balançar para os lados. Dê uma olhada especial na pelagem do gado oferecido no leilão, deve ser brilhante, sem embaraços ou falhas.

Após a compra, peça que um veterinário de sua confiança faça uma avaliação do animal para saber se ele está condizente com as informações dadas pelo evento. Caso haja alguma discrepância entre o que você comprou e levou, é seu direito reclamar.

Também é importante informar-se a respeito da seriedade do evento, se já houve algum problema com outros compradores, por exemplo. Essa verificação pode te ajudar a evitar situações difíceis, como ter que reclamar por ter recebido animais com problemas de saúde.

Tenha em mente a separação das raças por finalidades

Enquanto estiver acompanhando o leilão, tenha em mente que todas as raças que serão apresentadas terão prós e contras, tudo depende para que você precisa do animal. No caso de quem está procurando por bons exemplares de gado leiteiro, destacamos raças como a Jersey, a Holandesa e a Pardo Suíço entre outras. Mas, para quem a finalidade em questão é gado de corte, é mais interessante olhar com atenção para animais de raças como Angus, Nelore e Wagyu.

Analise os benefícios de cada raça antes do leilão

Antes de ir ao leilão você deve separar as raças por finalidade (como explicamos acima) e analisar os benefícios que cada uma pode oferecer para as suas demandas como criador. Compare as raças disponíveis e veja quais tem mais potencial para oferecer bom retorno.

Uma forma de tornar essa escolha de raças mais fácil é apostar naquelas que são mais populares no Brasil, como a Angus ou Nelore para corte. Além de populares entre os criadores, oferecem carne de qualidade reconhecida no mercado, sendo uma das mais consumidas no país. Já no caso do gado leiteiro, o destaque fica para o Brahma com bons exemplares de fêmeas.

Essa definição prévia é importante para estar focado nos animais certos na hora de dar seus lances. Isso permite que o criador se concentre apenas nos animais que podem lhe trazer retorno.

Determine seu teto de gasto no leilão

Com uma ideia mais bem formada de em quais animais do leilão investir, é importante definir um teto de gastos para o evento, ou seja, quanto você tem para adquirir o gado em questão. De olho nas finanças, você pode determinar se irá arrematar uma raça em especial ou adquirir um mix mais variado de raças para atender a outras finalidades.

Além de um valor geral para investir em animais no leilão, indicamos que defina qual é o teto de lances para cada animal que pretende arrematar. Isso ajuda a evitar que se descontrole e acabe gastando mais do que havia planejado inicialmente. Leilões podem ser ótimas oportunidades para adquirir bons animais, mas é essencial ter controle e cuidado com o tanto que será investido.

Diferentes definições de gado

Algo que devemos mencionar é que a palavra gado pode ser aplicada também a outras espécies e não apenas a bovinos. Dessa forma, em um leilão de gado é possível adquirir também cavalos, suínos, caprinos, entre outros. Se você deseja adquirir outros animais, além de bovinos, é importante se informar se há essa disponibilidade no evento que pretende frequentar.

Frequente os melhores leilões

Para que você tenha chances reais de fazer um bom negócio, é fundamental frequentar eventos sérios e que ofereçam animais de qualidade. Informe-se sobre as dinâmicas dos diferentes eventos de leilão de gado da sua região para escolher uma opção que atenda as suas necessidades e represente um bom negócio.

Ficar a par de situações problemáticas entre compradores e organização é essencial para evitar negociar com pessoas de má fé.

Cuide bem do gado adquirido

Depois de todo o esforço para se preparar e arrematar os melhores animais, é essencial oferecer ao gado o melhor atendimento possível sua propriedade. Dê atenção para a estrutura e para a alimentação dos seus animais para que eles sejam produtivos.

Com essas dicas você com certeza fará excelentes negócios em leilões de gado. Esteja preparado para dar seus lances e arrematar os animais de sua escolha!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *