O jeans no universo country

Se hoje cowboys e cowgirls desfilam em festas do peão e outros ambientes com peças como calça e colete jeans, devem isso a dois imigrantes europeus que chegaram aos Estados Unidos com o objetivo de vender artigos variados e que acabaram criando a peça de maior sucesso da moda do século 20. Ao conhecer a história do jeans é possível mergulhar um pouco no universo country: os dois caminham lado a lado.

A origem do jeans

A história da calça jeans e de todas as outras peças feitas desse tecido tem início no ano de 1853 quando um alemão judeu chamado Claude Levi Strauss chega a San Francisco, Estados Unidos, para, junto com um cunhado, vender artigos de primeira necessidade para o oeste norte-americano. Dentre as suas mercadorias há um tecido bastante rústico que tinha como objetivo inicial cobrir barracas.

Um dia Levi Strauss é questionado por um freguês a respeito de calças que resistam ao trabalho nas minas, bastante comum na época da Corrida do Ouro. O alemão abraça a oportunidade e leva seu cliente e um pedaço do tecido de cobertura de barracas até um alfaiate. A primeira calça Levi Strauss é produzida e o trabalhador, satisfeito, começa a fazer propaganda boca a boca para seus colegas de mina.

Curiosidade

O primeiro jeans não era azul! Tinha uma coloração entre bege e marrom-claro, que se devia à cor da fazenda usada originalmente para sua confecção, que vinha de Gênova, Itália. Foi também de Gênova que veio o nome jeans, com todos os erros de escrita e pronúncia imagináveis. Visando mais flexibilidade e resistência para as calças, Levi Strauss adotou outra matéria-prima que consistia numa estopa bem trançada de algodão que tinha origem em Nimes, na França. Para completar a mudança, começou a tingir a peça com a tinta vegetal índigo.

Tachinhas de cobre

Levi Strauss ganhou um sócio quando em 1870 Jacob Davis, um alfaiate judeu da Letônia, desenvolveu tachinhas de cobre para segurar os bolsos das calças. Os trabalhadores reclamavam que os bolsos rasgavam com o peso do que guardavam neles. Foi então que Davis teve a ideia de usar as mesmas tachas que eram aplicadas nas mantas dos cavalos. Ele apresentou sua ideia a Strauss e os dois levaram adiante uma das principais empresas de roupas do mundo.

O jeans no universo country

Parte do sucesso desse tecido se deve ao modelo de calça jeans country que era utilizado nos filmes de cowboys a partir da década de 1930. Inicialmente, o público-alvo das calças de Levi Strauss eram os trabalhadores que necessitavam de roupas que durassem mesmo após longas e duras jornadas de trabalho. Ao ver cowboys nos icônicos filmes do velho oeste usando essas peças, esse público já se convencia de sua qualidade.

Além disso, após a Segunda Guerra Mundial as peças jeans foram se popularizando entre outros públicos, inclusive os elitizados, devido ao crescimento do interesse pelo oeste norte-americano. Um marco da publicidade da Levi’s dessa época foi o anúncio em que duas senhoras elegantes vestem calças jeans enquanto passeiam num cenário de rancho e tem a seguinte frase: “O chique do Oeste foi inventado pelos cowboys, e se você esquecer este princípio, estará perdida”.

O estilo cowboy passou a ser sinônimo de elegância e hoje em dia, existe uma ampla difusão da influência country nas mais poderosas grifes fashion do mundo.

A variedade de peças country – do colete jeans à calça de cowboy/cowgirl

Basta observar atentamente o público de uma festa de peão para saber qual é o tecido mais popular entre cowboys e cowgirls. Com maior flexibilidade e conforto térmico que o couro, o jeans, conquistou esse público pela grande variedade de modelagens, desde coletes, que, além de sobreposições contam com bolsos funcionais, até calças, shorts e saias.

O modelo de calça jeans country masculina é um dos que se mantém atemporal. Essa calça se caracteriza por ter corte reto (podendo ser ajustada ao corpo ou mais solta), cintura alta e bolsos grandes que permitem guardar apetrechos de trabalho. Os coletes com bolsos também fazem sucesso entre eles e têm ganhado cada vez mais o gosto das cowgirls para transformar as suas produções com muito charme.

E por falar nas mulheres que seguem o estilo country, é importante citar peças jeans que ajudam a deixar os looks ainda mais femininos, como shorts e saias com lavagens variadas. A combinação entre jeans e couro tem permitido uma mescla interessante de peças nos looks country. Na hora de escolher as peças country para compor o seu guarda-roupas, fique atento às modelagens e lavagens. São muitas opções disponíveis!

É possível ter um estilo moderno que remonte a peças clássicas jeans do universo country!