Top 10 melhores shows do Country Music Association Awards

CMA Logo
Conheça a premiação da CMA – Country Music Association

A premiação máxima do mundo western é o Country Music Association Awards (CMA) que acontece há mais de 50 anos. Como o Grammy e o MTV Music Awards, a premiação CMA é cheia de entrega de prêmios, homenagens e apresentações de tirar o fôlego. São anos e anos carregados de tantas performances memoráveis que vamos resgatar 10 delas aqui para vocês.

Continue acompanhando o texto para saber qual é o nosso TOP 10. Porém, tenha cuidado, pois nós da equipe do blog da Rodeo West, alertamos que você pode sentir fortes ondas de nostalgia, emoção e vontade de dançar. Curta o som conosco!

    1. Tributo à Dolly Parton

 

Não é novidade para ninguém do mundo country que Dolly Parton é uma força musical extremamente respeitada. Sua influência é tanta que ela ganhou o Willie Nelson Lifetime Achievement Award, algo como o prêmio por realizações da vida. Além do prêmio, ela ganhou uma apresentação tão incrível que até a fez chorar.

A homenagem juntou Jennifer Nettles e o grupo Pentatonix para cantar “Jolene”, Reba McEntire para interpretar “9 to 5”, Kacey Musgraves ganhou sua vez para cantar “Here You Come Again” e Carrie Underwood, Martina McBride (e todos os outros novamente) para cantar o hit “I Will Always Love You”. Essa última música, que também é muito famosa na voz da cantora Whitney Houston.

  1. Chris Stapleton e Dwight Yoakam em homenagem a Willie Nelson e Ray Charles

Os cantores Chris Stapleton e Dwight Yoakam fizeram um duo sensacional da canção “Seven Spanish Angels”, interpretada por Ray Charles e também por Willie Nelson. E, é claro, a versão ao vivo do Chris Stapleton e do Dwight Yoakam fez um bonito tributo aos dois artistas que são muito respeitados por diversos segmentos da música.

  1. Miranda Lambert canta uma versão diferente de “Vice”

A cantora Miranda Lambert deu um trato diferente ao seu sucesso “Vice”. A poderosa versão ao vivo rendeu muitos aplausos e um lugar na lista dos melhores shows. Impossível não se emocionar!

  1. Alan Jackson e George Strait cantam “Remember When”

Os artistas Alan Jackson e George Strait resolveram se juntar para cantar o hit “Remember When”, do próprio Alan Jackson. É uma tarefa difícil não ficar abalado (no bom sentido) com essa apresentação que já virou um momento clássico da premiação e da música country.

  1. Direto da Nova Zelândia para os Estados Unidos: Keith Urban

Com uma carreira construída na música country e com muito sucesso nos Estados Unidos, o neozelandês Keith Urban fez uma apresentação memorável de um dos seus maiores sucessos “Blue Ain’t Your Color”. Apesar de estar concorrendo com essa canção e de não ter levado prêmios naquela noite, Keith Urban mexeu com muitos corações, inclusive com o da sua mulher Nicole Kidman, que estava na plateia assistindo a tudo.

  1. O trio parada dura: Jason Aldean e a dupla Brooks e Dunn

A dupla Brooks e Dunn se reuniu com Jason Aldean para cantar o sucesso “Brand New Man” em uma nova e empolgante versão. Pode imaginar a quantidade de aplausos, não é mesmo?

  1. Carrie Underwood agita o público com “Dirty Laundry”

Com um cenário digno de filme de Hollywood, Carrie Underwood cantou seu hit “Dirty Laundry” em uma apresentação de tirar o fôlego. Sua agitação e as guitarras já entraram na história da premiação.

  1. Thomas Rhett é um homem feliz

Iluminado por um mar de celulares, Thomas Rhett cantou o sucesso “Die a Happy Man”, que também ganhou como single do ano naquela noite. A apresentação foi emocionante e feita para o público cantasse junto com o artista.

  1. Dierks Bentley e Elle King cantam sobre garotas diferentes

O sucesso “Different for Girls” fez com que todos se divertissem. Não é para menos, a balada é interpretada pelo dueto Dierks Bentley e Elle King. Vale a pena ouvir a balada que animou a todos naquele ano de premiação.

  1. Polêmica e inusitada parceria de Beyoncé e Dixie Chicks

Confirmada no ultimo minuto, a apresentação de Beyoncé com participação das meninas do Dixie Chicks deixaram todos impressionados tanto para o lado ruim quanto para o lado bom. A canção escolhida “Daddy Lessons” está no quinto álbum da texana Beyoncé e esta entra em um território que a cantora jamais havia entrado: o estilo country. Ao lado de Dixie Chicks, Beyoncé cantou “Daddy Lessons” e um trecho de “Long Time Gone”, sucesso delas, um hit do grupo feminino.

A performance foi julgada por vários artistas country e pela mídia. O argumento era de que Beyoncé não é uma cantora country, portanto, não poderia estar lá. Porém, muitos acreditam que o julgamento vai, além disso. As críticas apenas mostram como o mundo country pode ser resistente às novidades e a uma cantora negra cantando um som western.