Conheça os Campeões Mundiais de Rodeio

Campões da PBR

Ser campeão mundial de rodeio é um grande sonho para os cowboys que praticam a montaria em touro. Sagrar-se o melhor em cima dos animais mais bravos do mundo é algo para poucos e vamos apresentar alguns dos campeões mundiais da Professional Bull Riders (PBR) que foi fundada em 1992 e se tornou o rodeio mais famoso do planeta.

Campeão mundial de rodeio: quem são os principais campeões da PBR?

Fazem parte da PBR mais de 1.000 cowboys distribuídos em países como o Brasil, Canadá, Estados Unidos, México e Austrália. Esses competidores lutam para conquistar o título de campeão PBR. A seguir, você poderá saber mais sobre os peões que chegaram ao lugar mais cobiçado da modalidade.

Campeões brasileiros da PBR

Adriano Moraes: ‘The Phenomenon’

O peão brasileiro, Adriano Moraes, foi o primeiro campeão PBR em 1994 e também o primeiro a se tornar bicampeão, em 2001, e tricampeão, em 2006. A alcunha de ‘The Phenomenon’ (O Fenômeno) surgiu por seu desempenho incomparável nas arenas. Ao longo da carreira, teve 28 ossos quebrados e muitos momentos de superação. Quando completou 38 anos de idade, em 2008, decidiu se aposentar das competições. Hoje em dia, Moraes contribui para a modalidade como técnico da seleção brasileira.

Silvano Alves de Almeida Góes: Silvaninho

Nascido no interior do estado de São Paulo, Silvano Alves de Almeida Góes é um peão que já se consagrou campeão PBR três vezes, nos anos de 2011, 2012 e 2014. Para alguns especialistas do meio, Silvaninho (como é chamado), é o melhor atleta de montaria em touros que já competiu.

Em 2010, ele integrou a seleção brasileira ajudando na conquista do bicampeonato da Copa do Mundo de Montaria. Uma passagem significativa da carreira desse peão foi ter ganhado a sua primeira competição com apenas 16 anos, o rodeio de Cajamar.

Renato Rosa: destaque brasileiro

O peão de rodeio, Renato Nunes Rosa, tornou-se campeão PBR em 2010, nesse mesmo ano ele foi fundamental para a conquista brasileira da Copa do Mundo de Rodeios. Mais um peão que contribuiu para consolidar nosso país como um grande celeiro de talentos.

Kaique Pacheco: Campeão de 2018

O peão que se tornou campeão mundial da PBR em 2018, Kaique Pacheco, é uma das grandes apostas da modalidade para os próximos anos. Nem uma lesão com rupturas de ligamentos impediu que o jovem peão disputasse a final. Ainda que estivesse machucado, ele não se intimidou em assumir seu lugar em cima de um touro bravo e se tornar o peão mais famoso do ano. O Brasil vive um momento muito positivo em termos de talentos nessa área.

Outros campeões da PBR

Chris Shivers: veterano da montaria

O peão norte-americano Chris Shivers foi campeão da PBR em 2000 e 2003, construiu uma carreira consagrada e anunciou sua aposentadoria em 2012. No dia 30 de maio de 2015, Shivers decidiu deixar a sua marca mais uma vez saindo da aposentadoria para montar um touro em um evento especial da PBR.

Com um total de 22 vitórias nas séries Bud Light Cup (BLC) e Built Ford Tough Series (BTFS) passou a ser uma referência para novos peões que estão tentando um lugar de destaque nesse tipo de competição.

Cody Hart: vocação que vem desde cedo

O campeão da PBR de 1999 pratica montaria desde que tem 3 anos de idade e garante que sempre amou o desafio. No decorrer de sua vida, montou bezerros, novilhos e finalmente touros, tornando-se um dos grandes nomes do circuito. Algo interessante é que ele mantém uma rivalidade saudável com seu irmão JW Hart que também monta touros. Os dois fazem uma aposta entre si todos os anos para ver quem vai se sair melhor. Cody Hart é norte-americano.

Justin Travis McBride: cantor country

O bicampeão mundial consagrado em 2005 e 2007, Justin Travis McBride, atualmente, é cantor de música country e comentarista de televisão. Com um excelente desempenho dentro das arenas, o peão também mostrou ter grande carisma para seguir por um caminho artístico.

James Burton Mauney: cirurgia no braço direito

Bicampeão da PBR, consagrado em 2013 e 2015, James Burton Mauney é norte-americano e um dos nomes mais fortes do circuito de rodeios. O seu talento foi reconhecido pelo feito de ser um em apenas cinco peões que conseguiram se manter sobre o touro Asteroid que fez uma das maiores pontuações nesse tipo de competição.

Em 2017, o profissional da montaria teve um acidente bastante grave que resultou numa cirurgia no braço direito para a colocação de 13 parafusos. Apesar disso não há sinal de que JB vá deixar as competições tão cedo.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre os campeões mundiais da PBR vai gostar de conferir também os vídeos mais emocionantes de rodeios clicando aqui. Deixe seus comentários abaixo!