Rodeio

Os mais Impactantes Versos de Rodeio

Versos de Rodeios
Confira os melhores versos de rodeios que a Rodeo West separou.

Os versos de rodeios já são uma tradição da abertura desses eventos, assim como as orações dedicadas à Nossa Senhora Aparecida, a padroeira dos peões no Brasil. Os locutores se esforçam para arrancar aplausos do público com suas frases que podem ser apaixonadas, sentimentais ou engraçadas. Geralmente, esses versos falam sobre a coragem do peão e a beleza das cowgirls. 

Versos de rodeios: confira os mais impactantes

Abaixo listamos os versos de rodeio mais impactantes que vão te fazer rir e se emocionar junto com os locutores, confira! 

Verso sobre amor pelo rodeio e pelas mulheres 

Falar sobre a paixão pelas mulheres é recorrente nos versos proferidos pelos locutores. Muitos peões, inclusive, aproveitam para usar essas palavras na hora da paquera.

“Lá em casa minha mãe teve três filhos, cada um faz o que quer,

Um nasceu pro rodeio, outro pro café.

Eu nasci para ser locutor e beijar a boca das muié.”

(Alessandro Cunha)

Verso sobre mulher, dinheiro, bebida e rodeio

Em geral, os versos têm como objetivo provocar risos na multidão. Sogra, amante e dinheiro estão entre os temas mais usados.

“Se mulher fosse dinheiro, eu vivia pedindo esmola.

Se chovesse mulher, eu arrancava o telhado fora.

A loira me deixou e a morena foi embora 

Só me restou nesta vida rodeio, cachaça e moda de viola.”

(Marco Brasil) 

 

“Voa, voa, gavião

com a tesoura no pé,

pra cortar a língua dos homens

que falam mal das muié”

(Marco Brasil) 

 

“Loira, casa comigo que eu sou filho de fazendeiro,

Minha bota cheira bosta de boi, mas meu bolso cheira dinheiro.”

(Fábbio Pereira)

 

“Pimenta malagueta é ardida, rapadura é docinha, 

Sua esposa é agitada, mas como amante é mansinha.”

 (Fábbio Pereira) 

 

“Hoje recebi uma carta que acabou com meu tormento 

Ela dizia que minha casa pegou fogo e minha sogra estava dentro.” 

 (Anônimo) 

 

“No dia que casei foi um fuzuê danado 

De um lado meu sogro, de outro meu cunhado 

Na frente um sargento, atrás um soldado 

Me levaram pro altar, com pulso algemado 

Tinha um padre, um juiz e um delegado 

Dessa vez acabei mesmo casado.” 

(Marco Brasil) 

 

“Eu nunca vi mudo falar, surdo escutar, cego enxergar, 

Mas já vi muita mulher baixinha fazer homem grande chorar.” 

(Marco Brasil)

 

“Quando Deus criou o mundo, deixou tudo combinado.

Fez canário pra mato fino e capoeira pra bicho do mato.

Fez perfume pras muié bonita e cachaça pros homi apaixonado.”

 (Anônimo)

 

Verso sobre vida de peão

Outro tema muito frequente nos versos do locutor é a vida do peão, cantada como um solitário apaixonado que vive no sertão e é movido por seu trabalho com o gado e as aventuras que encontra pelo caminho. Confira algumas frases abaixo.

“Para fazer tudo que eu gosto, nunca tive lugar nem horário. 

Moro embaixo do chapéu, não carrego calendário. 

Minha língua é muito simples, não conheço dicionário. 

No rodeio sou mestre, mas na escola fiz só o primário.”

 (Anônimo)

 

“O que eu gosto nessa vida, digo sem medo de errar:

Beijar boca de moça até o beiço entortar,

Tocar berrante, fazer verso e nos touros montar,

Ir pra Festa de Barretos porque lá é o meu lugar.”

(Anônimo)

 

“Meu cavalo e minha mulher caíram num poço fundo.

O cavalo eu tirei ligeiro, num prazo de um segundo. 

A mulher eu deixei lá porque tem muitas no mundo.”

 (Anônimo)

 

“Pra quem me chamou de caipira, agora vou responder.

Tenho um Mangalarga pra marchar e um quarto de milha pra correr.

Tenho muito boi gordo na invernada e whisky pra beber.

Tenho a loira de manhã e a morena ao entardecer.

Se isso for ser caipira, meu amigo, vou ser caipira até morrer!”

(Anônimo)

 

“Sou locutor de rodeio e viajo o Brasil inteiro

Gosto de mulher bonita e não ligo para dinheiro

Praquelas que se apaixonam eu digo que sou solteiro.”

 (Anônimo)

 

“Minha mãe me fez um pedido, meu filho, deixa de beber.

Eu disse, mamãe, faça outro que esse eu não posso atender.

É que cachaça e mulher bonita só deixo quando morrer.”

(Anônimo)

 

Versos de cowgirl

Os versos tradicionais falam das paixões masculinas. Mas as mulheres também têm voz no rodeio. Confira alguns dos textos criados por cowgirls.

“Demorei 8 dias pra chegar até aqui

Me apaixonei 16 vezes e não vi

Tomei 24 litros de whisky e não caí

Matei 32 pomba no vidro do meu carro e não morri

Atropelei 40 cobra e não senti

Parei 48 vezes pra fazer xixi

Me multaram 56 vezes e eu ri

Fiquei com 64 quilos e emagreci

Errei 72 vezes o caminho e dei conta de chegar até aqui”

(Mara Magalhães)

 

“Pisamos forte nesse chão

Quem quiser casar com a gente tem que ser um bom peão

Não precisa ser bonito tem que ter educação

E usar o seu talento pra domar nosso coração.”

(Anônimo)

 

“Cowboy que é cowboy usa calça apertada,

Cutuca boi com espora, abraça a morena e manda a loira embora.”

(Anônimo)

 

“Cowboy, se quiser eu laço seu coração

Só quero esporas afiadas, uma beca bem alinhada

Em festa de rodeio tem que ser calça apertada.”

(Anônimo)

 

“Que seja domador e tenha a rédea em seu poder

Que goste de dançar e dar muito prazer

Não quero solidão

Eu quero um cowboy pra conquistar meu coração.”

(Anônimo)

 

“Sou cowgirl espora de ouro,

Tenho a voz rouca e macia,

Piso na folha seca e ela não chia,

Namoro os homens bonitos e meu namorado nem desconfia.”

(Anônimo)

 

“Sou neta da cachaça, que é filha do Satanás,

As bonitas sapateiam, deixando as recalcadas triste demais,

O final dessa história eu já lhe digo, meu rapaz:

Setenta capetas juntos não fazem o que a morena aqui faz!”

(Anônimo)

Gostou dos versos de rodeio? Continue por dentro do que rola no mundo country! Navegue pelo nosso blog e saiba mais sobre assuntos relacionados a todos os temas de interesse dos cowboys e das cowgirls!

Créditos da Imagem

Cadu Fernandes – http://cadufernandes.com.br/marco-brasil-novo-material-fotografico-ensaio-externo/marco_brasil_cadu_fernandes_externa_02/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *