Como proteger animais no frio

Em alguns estados brasileiros, especialmente no sul e sudeste, o inverno tende a ser bastante rigoroso e inspira cuidados com os animais da fazenda. Fica a dica de que mesmo em outras regiões se houver uma queda drástica de temperaturas, mesmo que não tão baixas, é válido prestar atenção à forma como os animais estão sendo tratados. A falta dessa atenção pode acarretar em prejuízos decorrentes do adoecimento do gado e dos equinos.Quer saber como proteger animais no frio? Vamos lá!

Dicas de como proteger os animais da fazenda do frio

O gado e os cavalos são afetados pela chegada do inverno de formas diversas, não é somente a queda de temperatura que pode comprometer a saúde desses animais. Questões como a redução da produção de forragem pelas pastagens e um eventual exagero no aquecimento dos animais podem ter resultados desastrosos. 

Os cuidados de inverno com os animais devem ter início antes das temperaturas caírem. A seguir, listamos algumas dicas de como evitar que os animais sofram neste período do ano. 

Cuidados com o gado

Poupança de pastagens

Durante o inverno, geralmente pode ocorrer a falta de pastagens para alimentar o gado, uma forma de evitar esse problema é reservar parte das pastagens para essa época. O ideal é fechar uma área de pastagem no começo do outono para que esteja disponível nos meses de inverno. Porém, ressaltamos que essa pastagem não será adequadamente nutritiva sendo interessante adicionar sal proteinado à alimentação do gado.

Suplementação com cana-de-açúcar

Outra medida que contribui para a manutenção da saúde do gado que sofre com a redução de forragem no inverno, é fazer a suplementação com cana-de-açúcar. 

Proteção do frio

No que diz respeito à proteção efetiva do gado contra os ventos e as geadas, a recomendação é ter um galpão ou outro espaço fechado. Se a sua propriedade não tem estrutura para esse tipo de construção e/ou não há recursos financeiros disponíveis pode ser uma boa solução apostar no plantio de árvores com copas volumosas e dispostas lado a lado de maneira a formar corredores.

O gado tende a se aproximar nos dias mais frios para que um animal gere calor para o outro e a existência das árvores criando um corredor facilita tal disposição. O eucalipto não é interessante haja vista que possui poucas folhas. 

Vacas recém-paridas e bezerros

As novas mamães e os bezerros devem ser mantidos no chamado pasto maternidade com cobertura e feno. Quando o frio estiver muito intenso abrigue as vacas e os filhotes no piquete, inserindo o capão do mato. 

Atenção para a pneumonia

O gado é bastante propenso para a contaminação com doenças respiratórias no inverno devido ao fato de que permanece num local fechado e há o aumento da poeira nesses meses. Uma forma de reduzir o risco desse tipo de doença, é umedecer o chão e evitar que a poeira fique no ar. 

Cuidados com o cavalo

Entenda a natureza dos equinos

Em um cavalo, o seu pelo é a sua proteção natural contra o frio de maneira que quando os meses de inverno começam a se aproximar a pelagem começa a ficar mais cheia, grossa e longa para se comportar como uma barreira térmica. O pelo do cavalo irá passar por uma mudança nessa época do ano. Tenha atenção para não aquecer demasiadamente nem deixá-lo com frio.

É essencial prestar atenção para a atividade que esses animais desempenham e a variação de temperatura a que estão expostos. Um cavalo adulto apresenta como temperatura corporal média 38°C. As próximas dicas aplicam-se com mais eficácia para cavalos encocheirados e atletas. 

Uso de capas finas

Esse acessório é indicado para dias e noites em que as temperaturas estão amenas, mas com médias menores que a do verão, algo em torno de 20°C. As capas de nylon são as mais recomendadas. 

Uso de slickers

Trata-se de um item de proteção fabricado com suplex que é flexível e oferece conforto ao equino. É indicado nos mesmos casos das capas finas e apresenta como vantagem estar em contato constante com a pelagem dos cavalos, evitando assim o acúmulo de resíduos ou atritos exteriores. É um acessório que permite proteger a boa aparência dos pelos também. Slickers podem ser somente para o corpo do cavalo, somente para a cabeça ou para todo o corpo. Pode ou não ter zíper.

Capas grossas para temperaturas mais baixas

Se os termômetros marcarem menos de 20°C é interessante passar para um acessório com maior capacidade de proteção, nesse caso as capas grossas. O nylon é um excelente material para esse tipo de peça que pode ser forrada com manta acrílica. Para noites em que a temperatura ficam abaixo de 10°C é possível combinar a capa fina com o slicker. 

Coolers para variação de temperatura

Um acessório para isolamento térmico que é normalmente utilizado para que o equino não enfrente reduções drásticas de temperatura ao mudar de ambientes. Indicado para as sessões pré-treino dos cavalos atletas, evitando que o corpo do animal esteja resfriado antes de se aquecer. Pode se usado também após o banho para que o cavalo não tenha frio até estar seco.