Como Cuidar de Cavalos

Como cuidar de Cavalos

Saber como cuidar de cavalos é imprescindível para quem deseja ter esses animais, pois a sua saúde e disposição dependem de alguns cuidados. A manutenção de um cavalo pode ter um custo significativo por mês, chegando à marca de até R$ 1.600,00. O retorno que os equinos propiciam quando estão em sua melhor forma também pode ser elevado.

Os cuidados com cavalos são essenciais para que eles se mantenham bonitos e com sua saúde em dia. A seguir, algumas dicas que farão toda a diferença para o bem estar dos equinos.

1 – Atenção para a alimentação

A alimentação adequada é fundamental para que os cavalos possam realizar toda a capacidade genética que possuem, para se ter uma ideia em torno de 60% dos custos que esse animal gera são referentes a alimentos. O primeiro ponto relevante é que não há como padronizar uma ração para vários cavalos, haja vista que os animais apresentam necessidades nutricionais bem distintas entre eles.

O ideal é que um veterinário acompanhe cada cavalo para determinar que tipo de alimento preenche melhor as necessidades do equino. Esses animais demandam um conjunto completo de proteínas, minerais e vitaminas para que possam se desenvolver. As rações devem ser balanceadas de acordo com o peso, a raça e as atividades realizadas pelo animal. Providencie um comedouro adequado para seu cavalo.

2 – Bebedouro

Tão importante quanto uma boa alimentação, o cavalo devebeber bastante água para se manter bem hidratado. Geralmente, um cavalo necessita de uma média de oito galões de água todos os dias para se manter saudável. A água deve ser sempre fresca e limpa para que seu equino não adoeça. É possível fornecer a água em baldes – nesse caso, será necessário encher com frequência – ou então em bebedouro com sistema de enchimento de água por um tubo.

3 – Pastagem

O pasto tem um papel imprescindível para o bom desenvolvimento dos cavalos tanto como um espaço para que eles possam se locomover como um alimento que lhes forneça nutrientes. Observe que alguns tipos de gramíneas compõem o pasto em que seus cavalos irão ficar para ter certeza de que é adequado para os animais da sua propriedade. Fique atento ainda para a existência de buracos no pasto para que o animal não se machuque ao caminhar.

4 – Abrigo

Os cavalos precisam contar com um espaço adequado para lhes servir de abrigo em sua fazenda. O espaço em que os equinos ficarão deve ser seco, protegido do sol e da chuva, seguro e ter espaço para que eles possam se mover com o máximo de conforto. O ideal é ter um estábulo para abrigar os cavalos à noite, assim eles dormem num local confortável e despertam com muito mais disposição para realizar as suas atividades.

Para que a noite de sono do seu cavalo seja realmente boa, é fundamental contar com material para o preparo da sua cama. Palha é uma opção em conta, porém, pode dar origem a fungos que a longo prazo deixam os equinos doentes. Independente de investir em pisos de borracha ou uso de palha, é essencial que você conserve o estábulo absolutamente limpo.

5 – Exercícios são essenciais

Com o passar do tempo, os equinos vão perdendo seu condicionamento físico, algo que se acentua nos casos em que não existe uma rotina de atividades frequentes. O ideal é manter os cavalos praticando atividades físicas por toda aa vida deles, obviamente observando as condições físicas de acordo com a idade que eles têm.

Ao cuidar do condicionamento do animal, além de fazer com que ele se torne mais produtivo, você também estará contribuindo para o fortalecimento da sua saúde e prevenindo problemas como resistência à insulina e queda de sua capacidade corporal. Em cavalos mais velhos, a prática de atividades físicas ainda permite melhorar a termorregulação que é a capacidade de manutenção da temperatura do corpo do animal.

6 – Cuide dos dentes do seu cavalo

Também faz parte dos cuidados de saúde dos seus equinos, fazer o acompanhamento dos seus dentes. Um dos procedimentos mais relevantes, é o de raspagem dental que deve ser realizada por um veterinário pelo menos uma vez por ano. Com o passar do tempo, os dentes do cavalo vão se tornando mais afiados de maneira que podem machucar a boca do equino enquanto ele mastiga os alimentos. Se a dor for muito intensa, o cavalo pode acabar deixando de se alimentar e pode desenvolver doenças graves.

7 – Atenção para as patas

Observar as patas dos seus cavalos, frequentemente, é importante para evitar o acúmulo de pedras ou outros objetos que podem causar lesões a médio prazo. É mais comum do que se pensa que esses animais acabem pisando em objetos que ficam presos ao seu calcamento e lhes causam grande desconforto.  

Gostou dessas dicas de como cuidar de cavalos? Deixe seus comentários!