Conheça a história da dupla Leandro e Leonardo

Leandro e Leonardo: Dupla sertaneja de sucesso
Conheça um pouco da história da dupla sertaneja Leandro e Leonardo – Crédito da Imagem: https://www.youtube.com

A cidade de Goianápolis, no estado de Goiás, carrega dois importantes títulos. Um de ser a capital brasileira do tomate e o outro de ser o berço de Leandro e Leonardo, uma das duplas mais famosas do cenário musical brasileiro.

Hoje vamos conhecer um pouco mais desses dois artistas que tem papel essencial para a música sertaneja.

Antes da fama

Leandro foi batizado com o nome de Luis José Costa e nasceu no dia 15 de agosto de 1961. Já Leonardo, ganhou o nome Emival Eterno Costa e nasceu dois anos mais tarde no dia 25 de julho de 1963. Como eles moravam na capital do tomate, os dois jovens trabalharam na plantação da família.

O começo para Leandro

Quem possui o dom para a arte não consegue se conter por muito tempo. Logo Leandro notou que tinha talento musical e resolveu ser vocalista de uma banda chamada “Os Dominantes”. O conjunto musical fazia covers do eterno romântico Roberto Carlos e da banda britânica The Beatles. A banda fez shows em Vianópolis, interior do estado de Goiás.

A formação de Leandro e Leonardo

O ano de 1983 foi crucial, pois Leandro saiu da banda “Os Dominantes” e começou a formar dupla com o seu irmão Leonardo. Para dar o primeiro passo, eles participaram de um show de talentos da televisão local. E adivinha? Eles ganharam!

Com o dinheiro do prêmio, os dois pegaram suas coisas e foram rumo a cidade de São Paulo, no estado de mesmo nome. Na capital paulista, os dois gravaram um álbum com uma tiragem de 500 cópias. Porém, esse disco não fez o sucesso esperado.

Mesmo sem o aguardado hit, a dupla não desistiu. O álbum sem sucesso fez com que se abrissem portas para eles. Com contrato na gravadora, a dupla sertaneja lançou dois discos. O primeiro em 1986 chamado “Leandro e Leonardo volume 1” e segundo intitulado “Leandro e Leonardo volume 2”, em 1987.

Quem era de Goiás e do meio sertanejo já estava de olho nos dois. E com esses álbuns, os dois começaram a trilhar seus passos rumo à fama nacional.

Quando o sucesso chegou

O ano de 1989 foi importante para a dupla sertaneja, pois foi nesse período que foi os dois lançaram o álbum “Leandro e Leonardo Vol.3”, pela gravadora Continental. Esse CD continham nada mais e nada menos que o super sucesso “Entre tapas e beijos”, canção escrita por Nilton Lamas e Antônio Bueno, e belamente interpretada pelos dois. O disco também contava com composições e regravações de outros artistas como Zezé di Camargo e Roberta Miranda.

O ano de 1990 foi a vez de a gravadora Chantecler lançar o primeiro álbum pós-fama e o quarto da carreira deles. O nome foi simples e direto: “Leandro & Leonardo”. O trabalho tinha sucessos como “Pense em mim”, composta por Douglas Maio, Mário Soares e Zé Ribeiro, e “Desculpe, mas eu vou chorar”, escrita por César Augusto e Gabriel. Com hits que tocam o coração das pessoas ante hoje, esse CD também foi marcante para os dois. E, como se não bastasse, a música “Entre tapas e beijos” ainda estava nas paradas fazendo história.

No ano seguinte, em 1991, chegou à vez do disco “Leandro & Leonardo Vol. 5” chegar ao mercado brasileiro. E os sucessos não pararam. Nesse trabalho, eles lançaram o hit “Paz na cama”, escrita por Edson Mello e Rhael, e “Não aprendi a dizer adeus”, composta por Joel Marques. Há um fato curioso aqui: a música “Você ainda vai voltar”, feita por César Augusto, que é do cd anterior só foi fazer sucesso nesse ano.

Continuando a cronologia, em 1992, os cantores Leandro e Leonardo lançaram o sexto álbum alcançando muito mais sucesso. O disco tinha os hits “Não olhe assim” e “Temporal de amor”. Essa última canção foi regravada em espanhol.

O ano de 1993 foi marcado pelo lançamento de mais um disco só que dessa vez com a gravadora Warner Music. O sucesso desse CD foi “Mexe mexe”.

O álbum “Leandro e Leonardo Vol. 8” chegou em 1994 com o hit “Dor de amor não tem jeito”, composto por Piska e César Augusto.

No ano seguinte, em 1995, a já consagrada dupla sertaneja laçou mais um CD. Esse trabalho apresentou o sucesso “Festa de rodeio” composta por Reinaldo Barriga, César Rossini e César Augusto. Esse álbum continuou fazendo sucesso no ano seguinte. A canção “Eu juro”, chamada originalmente na sua versão em inglês de “I Swear”, feita por F.J.Myers e G.Baker.

“Leandro e Leonardo Vol. 10” foi o álbum de 1997, que continha o sucesso “Doce mistério”.

As paradas de música de 1997 foram completas pelo sucesso do 11º cd, a canção “Cerveja”.

O trágico fim da dupla

Em 23 de junho de 1998, o cantor Leandro morreu de falência múltipla dos órgãos por causa de um tipo raro de câncer no pulmão, chamado Tumor de Askin. Pouco tempo depois da sua morte, foram lançados dois álbuns póstumos: o infantil “Só para crianças” e “Um sonhador”, pela BMG Brasil, cheio de hits como a homônima “Um sonhador”, “Deu medo” e “Cumade e cumpade”.

Conheça alguns de nossos produtos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *