Padre Alessandro: Um Religioso Que Ama o Sertanejo

Você conhece o padre Alessandro?
Padre Alessandro e a música sertaneja – Crédito da Imagem: https://www.youtube.com

O padre Alessandro Campos se tornou conhecido em todo o Brasil por fazer da música sertaneja mais um caminho para transmitir mensagens de amor e paz. O disco do padre intitulado “O que é que eu sou sem Jesus?” alcançou a marca de 350 mil cópias vendidas só nos primeiros 20 dias nas lojas. Atualmente, o sacerdote apresenta o programa “Festa Sertaneja” na Rede TV em que recebe artistas sertanejos e solta a voz.

Tendo grande afinidade com a música sertaneja, o padre, conseguiu unir o seu desejo de evangelizar com o ritmo que faz parte do seu dia a dia. O caminho do reconhecimento não foi nada fácil, o padre Alessandro Campos nasceu na cidade de Guaratinguetá, interior do estado de São Paulo numa família humilde. Uma curiosidade é que o sacerdote nasceu na cidade do primeiro santo do Brasil, Frei Galvão.

Conheça um Pouco do Perfil do Padre Alessandro Campos

Infância Humilde

O início da trajetória de vida de Alessandro Campos não foi nada fácil, ele foi criado por sua avó que não tinha muitos recursos. Atualmente, com mais de 90 anos a avó do sacerdote tem muito orgulho do neto que criou mesmo sendo analfabeta e sem ter condições financeiras.

Vocação Para o Sacerdócio

Para o padre Alessandro a descoberta da vocação para o sacerdócio aconteceu cedo, quando ele era criança lembra-se de ir com sua mãe a uma missa e ter a certeza de que queria ser como o sacerdote que celebrava a missa, o padre Orfeu. A figura do padre iluminado que entrava cantando para celebrar a missa despertou no menino o desejo de estar naquele lugar e poder falar e inspirar tantas pessoas.

Foi exatamente padre Orfeu que descobriu a vocação do menino algum tempo depois e o ajudou a ir para o seminário com 13 anos de idade. Para se ter uma ideia o padre Alessandro Campos foi um dos padres ordenados mais jovens, com apenas 23 anos. Estando ordenado ele se mudou para a cidade de Brasília e passou a ser o responsável pela capela do Colégio Militar da capital do Brasil.

A Paixão Pela Música

Outra grande paixão na vida do padre Alessandro Campos é a música, em especial o ritmo sertanejo. Com 12 anos ele se lembra de ter sido levado a um show de Zezé di Camargo & Luciano e ter ficado impressionado em como as pessoas estavam emocionadas e abertas para ouvir as mensagens das canções da dupla.

Naquele dia ele pensou em como seria incrível se pudesse conciliar o sacerdócio e a música para transmitir mensagens de evangelização. Nessa época o padre Marcelo Rossi começava a ganhar destaque no cenário musical nacional e mostrou ao jovem aspirante a padre que seria possível realizar todos os seus sonhos.

O Padre Cantor

Acima citamos que o padre Alessandro Campos assumiu a responsabilidade por uma capela em Brasília assim que foi ordenado. Na sua primeira missa havia apenas quatro pessoas, dois alunos do colégio militar, um general e sua esposa. Apenas algum tempo depois já tinha mais de mil fiéis frequentando a capela por terem ouvido falar sobre o padre sertanejo que cantava trechos de grandes sucessos desse segmento musical durante a missa.

Atualmente, devido as atividades da sua agenda como cantor sertanejo e seu sucesso dentre os fiéis o padre Alessandro não tem uma paróquia fixa realizando missas em todo o Brasil. Muitas pessoas já conhecem o sacerdote como o padre que ama sertanejo.

As Canções dos CDs do Padre Alessandro Campos

O padre sempre buscou reunir um repertório que tivesse a sua essência e que passasse mensagens de amor e paz para quem ouve. Além das canções religiosas inéditas – incluindo uma composição do Padre Zezinho – o trabalho musical de Alessandro Campos inclui versões de clássicos do sertanejo com mensagens de evangelização como “Moreninha Linda” e “Telefone Mudo”.

O repertório também conta com clássicos sertanejos com suas letras originais, pois o padre observa que elas têm mensagens que são muito relevantes para a sociedade como “Último Julgamento” e “Estrada da Vida”. Padre Alessandro Campos é um exemplo de que persistência pode fazer com que todos os sonhos se realizem.

Templo com Forma de Chapéu de Cowboy

Por falar em sonho, algo que tem motivado o trabalho incessante do padre Alessandro Campos é o desejo de construir um templo com a forma de chapéu de cowboy. O sacerdote já até imaginou como seria a estrutura do templo que sonha construir na cidade de Brasília como um ponto de encontro dos sertanejos que tem Jesus no coração.

Segundo o padre uma das abas do chapéu seria uma escadaria enquanto as laterais seriam arquibancadas e a de trás um palco em que poderia ser realizados shows. O complexo também teria um espaço para funcionar como Igreja. Como esse é um projeto arquitetônico muito audacioso e oneroso o padre Alessandro Campos pretende solicitar ajuda de artistas do meio sertanejo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *