Curiosidades

Tudo Que Você Precisa Saber Sobre Silagem

Cuidados na preparação da silagem
Qual a importância da silagem? – Crédito da Imagem: https://www.milkpoint.com.br

O foco na produção de silagem de qualidade tem sido uma das grandes preocupações dos últimos anos dentre os criadores e produtores. Para que a silagem tenha a qualidade necessária, é importante investir tempo, dinheiro e fazer um planejamento assertivo. Se você ainda tem dúvidas sobre a produção de silagem, reunimos todas as informações mais relevantes.

Saiba Tudo o Que é Essencial Sobre Silagem

Silagem de Má Qualidade Não Compensa

Mesmo com o desenvolvimento da tecnologia de produção de silagem, muitos produtores ainda não trabalham com material de qualidade. Não existe economia em utilizar silagem ruim, pois a produtividade dos animais que dela dependem será drasticamente reduzida. Para que se tenha uma silagem de qualidade é fundamental que o criador tenha uma lavoura boa e um processo de ensilagem bem feito.

Para Ter Qualidade é Fundamental Ter Planejamento

A produção de silagem de qualidade envolve alguns fatores bem importantes, com destaque para o conhecimento prévio dos custos e riscos envolvidos. Somente com esse conhecimento é possível fazer um planejamento pertinente. O grande segredo da produção de boa silagem está na rapidez do processo.

Para que o processo dê os resultados esperados, se deve contar com mão-de-obra de qualidade, tratores, carretas e ensiladeiras em quantidade adequada. Observe o tamanho da propriedade e o número de silos que se tem disponível para não perder a sua produção por falta de efetividade de trabalho.

Revisão das Máquinas de Colheita

Nas semanas anteriores à colheita da silagem, o produtor deverá realizar o procedimento de revisão do maquinário. É necessário verificar como estão as mangueiras, o engraxamento, o nível de óleo e assim por diante. É importante ter certeza de que tudo estará funcionando como deve no momento de realizar a colheita.

Silagem é Parte Importante na Alimentação dos Animais

A silagem não é apenas alimento dos animais em tempo de seca, trata-se de uma fonte de nutrientes relevante. Dessa forma, o produtor deve entender a produção de silagem como uma atividade passível de investimento.

Outro ponto que deve ser considerado é que o criador de animais deve ser, também, um agricultor no que diz respeito à produção de grãos. O cultivo de milho ou sorgo exige cuidados para que resulte em grãos de qualidade.

Análise do Solo

Pode parecer estranho, mas um dos principais problemas que muitos criadores enfrentam é o de não fazer análise do solo em que irão cultivar as suas lavouras. Sem essa análise não se pode ter o conhecimento a respeito do que precisa ser corrigido no cultivo e futura colheita.

A lavoura para ensilagem necessita de nutrientes específicos para que possa se desenvolver. Para se ter uma ideia, ela precisa de adubação foliar, além da adubação convencional, para que possa receber microelementos. Trata-se de um procedimento de adubação que deve ser feito entre os estágios V6 e V8 que representam as fases em que a planta se encontra com 6 e 8 folhas.

Preparação do Solo

O tipo de plantio mais indicado para a silagem é o plantio direto, pois permite que se mantenha a umidade do solo, que se tenha uma estrutura mais bem planejada, bem como se obtenha uma melhor compactação. Para realizar plantio direto é recomendável ter conhecimentos a respeito de coberturas verdes para cada tipo de região, plantadeiras específicas, bem como métodos de dessecamento.

Escolha do Híbrido

A escolha do híbrido para a silagem deve ser feita observando quais oferecem maior produção de grãos e boa adaptação à região em que serão cultivados. Pense, ainda, nas condições de manejo que a sua lavoura terá e na maciez dos grãos. Quem optar pelos híbridos transgênicos deverá saber como fazer a implantação e o manejo das áreas refúgio.

Fazendo a Colheita da Ensilagem

O processo de colheita para ensilagem envolve uma série de operações, dentre as quais estão: cortar as plantas da lavoura, picar essas plantas, fazer a descarga das plantas nas carretas de transporte, além de descarregar as mesmas nos seus devidos silos. A altura do corte para sorgo e milho é de 15 a 25 centímetros, não se deve usar um tamanho de corte inferior a 15, pelo fato de que pode acarretar em contaminação das folhas ou, até mesmo, possibilitar a entrada de pedras.

A determinação do tamanho de corte será feita considerando alguns fatores, como o tipo de engrenagem a ser usado, assim como o afiamento da faca. Manter a ensiladeira regulada de acordo com as recomendações do fabricante é muito importante para que o procedimento seja feito corretamente.

Escolha Bons Silos

Os especialistas recomendam o uso de silos de trincheira que são aqueles que têm paredes laterais, porque tornam a compactação mais fácil. Vale dizer que esses silos são mais caros e depois de construídos não podem ser mudados de lugar. Uma opção mais em conta em termos financeiros é o silo de superfície, que podem ser mudados de lugar mesmo depois de prontos.

Silagem Terceirizada

No caso de quem realmente não tem vocação para o cultivo de milho ou sorgo, a dica é apostar no serviço de fornecimento de silagem terceirizada que vem crescendo bastante na preferência dos criadores. Há, também, opções terceirizadas para realizar o cultivo e colheita dos grãos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *