Rodeio

O que eu preciso para me tornar um peão de rodeio

 

Como ser Peão de Rodeio
Quero ser peão de rodeio, o que devo fazer? – Crédito da Imagem: http://www.coloradorodeio.com.br/

Hoje vamos falar de como trilhar o caminho para conseguir ser peão. Participar desse esporte é o sonho de muitas pessoas que vão a rodeios, sejam elas crianças ou já adultos. Para seguir os passos dos peões de sucesso seja nacional ou internacional é preciso ter muita disciplina e gostar do esporte. Continue lendo para saber mais.

Apoio dos pais

As famílias que já possuem crianças que demonstram interesse pelo mundo country devem incentivar isso. O apoio da família e até dos amigos é imensamente bem-vindo para que essas crianças saibam que podem gostar e serem o que quiserem. Inclusive peões!

Esqueça a força

Você é muito forte e acha que pode começar a montar desde já? Pois saiba que é preciso muito mais humildade e técnica do que força.

O respeito com o animal e a tradição do esporte, a modéstia em aprender e o desenvolvimento da técnica e habilidades são essenciais. Essas particularidades são mais necessárias do que somente a força. Vamos falar mais dessas características abaixo. Acompanhe!

Assistir e analisar sempre

O primeiro passo para ser um peão de verdade é ter a humildade de observar outros profissionais e poder aprender com todos os acertos e até mesmo os erros que eles comentem. Suas qualidades e movimentos certeiros podem servir como inspiração e referências para que você crie seu próprio estilo, enquanto seus erros servem como exemplo para não serem repetidos. O desafio está em aprender a como não fazer isso.

Para que isso aconteça, os pais devem estar atentos aos eventos country que acontecem durante todos os anos e levar os pequenos e as pequenas para conferir. Além disso, mostrar vídeos no YouTube e programas de televisão são boas opções. Outra forma é ler notícias e histórias do mundo country. Desse modo, as crianças sempre estarão sabendo das novidades dessa cultura tão profunda.

Treinar diariamente e com atenção

A disciplina para praticar é o alicerce para uma carreira como peão. A constante prática dos exercícios pode levar um aspirante a peão a ser um peão profissional. Os treinos devem ser regulares e regados de muita atenção, de concentração, de foco e de dedicação aos estudos dos animais, das regras do esporte e das competições.

Para que os treinos tenham métodos e disciplina, o ideal é que o aspirante a peão tenha um tutor. Esse professor pode ser um peão ou ex-peão com muita experiência. Ou ainda pode ser alguém que não tenha trabalhado como peão profissional, porém conheça profundamente sobre os animais do rodeio e sobre as regras que regem cada competição.

Se não puder ter um tutor particular, existem escolas de montaria espalhadas por todo o país. A intenção é que as aulas tenham a disciplina, regularidade e os mesmos exercícios das aulas particulares.

Respeito com os animais

Há quem diga que o rodeio é uma espécie de local em que se maltratam os animais. Porém esse conceito é antigo, fora de moda e está errado. As festas de peões são espaços para a prática de um esporte reconhecido mundialmente. Existem leis e regras, nacionais e internacionais, que exigem muitos cuidados tanto das equipes que cuidam dos bovinos e equinos quanto dos competidores. O respeito com o animal e o esporte vem em primeiro lugar!

Competições para todas as idades

Para que os exercícios aprendidos com as aulas particulares ou nas escolas sejam praticados, é preciso competir.

A Festa do Peão de Barretos tem um espaço reservado para crianças e pré-adolescentes. O maior evento do gênero da América Latina possui uma arena de 35 mil m² onde há concursos de rodeio em que as pequenas e os pequenos podem montar em carneiros, Além disso, também há competições de mini rainha e da rainha do peãozinho.

Esse local ainda pode ser considerado um espaço de aprendizagem, pois há apresentações de grupo de dança e uma mini fazenda e um mini zoológico, em que as crianças aprendem a cuidar das plantas e dos animais. Leia mais sobre rodeio mirim e as modalidades para crianças.

Para as crianças maiores, ou jovens, já há competições juniores. Estas são preparações oficiais para que esses aspirantes a peões se tornem profissionais.

Estudar é preciso

Como já dissemos acima, o respeito com o animal e com o esporte vem em primeiro lugar. E uma das maneiras de demonstrar esse respeito é estudando o animal e as competições que deseja participar. É extremamente necessário conhecer cada parte do bovino ou equino. Isso ajudará a entender o comportamento do bichano e até mesmo prever como ele pode agir em determinadas situações.

Além de conhecer as espécies no geral, também é necessário estudar o animal em que você irá montar. O conhecimento ajudará a criar um vínculo com ele. E essa proximidade com o bichano que será seu companheiro de trabalho é essencial.

 

7 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *