Como se tornar um seleiro

como se tornar seleiro

Fazer sela de cavalo pode se tornar uma excelente fonte de renda para quem gosta de trabalhar com couro. A atividade de seleiro consiste em fabricar selas e demais acessórios de selaria. Se você tem interesse de dar início a sua trajetória nesse segmento, vamos apresentar dicas de como fazê-lo com assertividade.

Seleiro: como fazer sela de cavalo profissionalmente

Um seleiro deve saber como montar uma sela de cavalo e confeccionar todos os elementos pertinentes a essa peça.

A seguir vamos apresentar as questões mais relevantes para quem deseja se inserir nesse segmento destacando curiosidades a respeito da produção de selas, as ferramentas necessárias, a possibilidade de fazer um curso de selaria e o ponto de partida.

– Materiais de que são feitas as selas

É possível confeccionar selas com materiais distintos como couro, nylon e seda. No caso dos dois últimos as peças são confeccionadas a partir do entrelaçamento de cordas. A técnica para manejar as matérias-primas deve ser corretamente aprendida e executada para garantir que a sela resultante seja uma peça durável e de qualidade ímpar.

– Outros produtos que o seleiro confecciona

Além dos  mais diversos tipos de selas, o seleiro, também é responsável por produzir acessórios para montaria como, por exemplo, cabrestos, rédeas, chicotes e cabeçadas. Os apetrechos de encilhamento do animal são fundamentais para que a sela seja corretamente utilizada. O seleiro deve ter amplo conhecimento a respeito dessas peças para produzi-las com foco na qualidade de cada elemento.

– Setor com possibilidade de crescimento

Hoje em dia, há poucos seleiros profissionais atuando no mercado de maneira que se mostra uma atividade com grande potencial. Em algumas regiões rurais não há representantes dessa profissão de maneira que é uma oportunidade para quem está querendo ampliar suas possibilidades de ganhos financeiros. Mas, é essencial ressaltar que é necessário ter qualificação.

– Curso de selaria

Se você gosta da ideia e quer saber como se tornar um seleiro profissional, mas não sabe por onde começar fica a dica de procurar por um curso de selaria. Num curso dedicado a atividade do seleiro é possível aprender a como confeccionar as principais peças com técnicas como a do entrelaçamento de cordas de nylon ou seda ou ainda manejo do couro.

Como já mencionado esse profissional pode confeccionar acessórios também, de maneira que tem a chance de manter sua renda mesmo se não houver grande saída das selas. Então, se você tem o desejo de começar a produzir selas e acessórios de selaria é interessante pesquisar bons cursos de qualificação. É uma atividade que demanda bastante treinamento.

– Confecção para uso próprio

Mesmo quem não quer se tornar um seleiro profissional pode fazer um curso de selaria com o objetivo de fabricar as suas próprias peças. Como não se tem acesso a uma grande variedade de escolhas de selas em todas as regiões pode ser pertinente saber como confeccionar as suas próprias peças. Há também a possiblidade de personalização alinhada com os usos rotineiros dessas peças.

– Materiais e ferramentas para seleiros

A confecção de selas demanda a escolha de materiais e ferramentas adequados para esse trabalho artesanal, saiba mais sobre eles a seguir.

Tentos de couro

Para iniciar essa atividade é necessário adquirir tentos de couro que são tiras do material que podem ser usadas para o fabrico de diferentes peças incluindo os artigos de selaria.

Sovela para couro com cabo de madeira

Ferramenta que possibilita fazer furos no couro com até 5 mm, o cabo de madeira oferece mais conforto para o manejo e resistência. Como o couro é um material grosso é imprescindível contar com uma ferramenta adequada.

Caneta (Pino) para bordar couro

Item essencial para dar acabamento a peças de couro como selas, a caneta também chamada de pino, serve para adicionar bordados. Permite a personalização das peças, algo que agrega valor ao preço final.

Agulha para seleiro

Essa agulha é utilizada para fazer costuras em trabalhos de selaria e para conseguir ser manejada em peças de couro é fabricada em aço de alta resistência. Escolha uma peça com que você tenha uma boa adaptação de uso.

– Aumentando a vida útil das selas com produtos como óleo de mocotó

Uma curiosidade a respeito das selas e da sua conservação é que alguns produtos, minimamente curiosos, podem ser de grande ajuda como o óleo de mocotó. A dica é que a sela esteja limpa no momento da aplicação, a frequência de uso ideal é a cada 15 dias. Também podem ser usados outros produtos para a manutenção das selas, como o condicionador de couro, que tem como função hidratar profundamente a peça.

Gostou de saber mais sobre como se tornar um seleiro? Deixe seus comentários abaixo!