Como selar um cavalo

Saber a forma correta de como selar um cavalo é fundamental para oferecer conforto  ao animal e segurança para o cavaleiro. Nesse processo, é importante ter cuidado para não deixar o equino irritadiço, pois isso pode fazer com que ele acabe se tornando arisco durante a montaria.

Dicas de como selar um cavalo

Para quem precisa selar cavalos é essencial conhecer os passos para a colocação do acessório assertivamente evitando acidentes. A seguir, listamos algumas dicas que vão  ajudar você a fazer esse processo com mais facilidade.

Preparação do cavalo

O primeiro passo para selar um cavalo é preparar seu pelo, usando um acessório como uma escova ou uma raspadeira. Para não machucar o animal, é importante fazer o movimento de raspagem na direção em que os pelos crescem. Passe o acessório em todo o equino e não somente na parte em que a sela será colocada.

Pelego (manta)

Na sequência, com o animal penteado, chega o momento de colocar o pelego (manta), item que vai ficar posicionado entre a sela e o cavalo. O ideal é que a manta tenha textura de pelos uma vez que pelo com pelo não causa machucado no equino.

Deixe que o cavalo cheire a manta antes de colocá-la sobre ele. A colocação da manta deve seguir o caminho natural de crescimento dos pelos do cavalo, posicione a peça no pescoço e depois a deslize até que chegue à posição correta. Por cima, deve ser usada a sobremanta.

Colocando a sela

Com a manta e a sobremanta colocadas sobre seu cavalo já é possível iniciar o processo de colocação da sela. Novamente, recomendamos que você deixe o animal cheirar a sela antes de colocá-la sobre ele. Depois é só posicioná-la sobre a sobremanta, observe que você precisará fazer o ajuste das barrigueiras para que a sela fique confortável e segura no seu equino. Cuidado com as selas que eventualmente ficam roçando na virilha do animal, isso pode se tornar bastante irritante a longo prazo.

Junte a parte da barrigueira de um lado a outro para que a sela fique presa no animal. Aperte para que fique bem presa, deixar a sela solta, além de perigoso pode machucar seu cavalo. Quando for prender a barrigueira posterior, é importante ficar longe das patas traseiras, pois o cavalo pode se assustar ou ficar irritado e te acertar um coice. O ideal é estar posicionado próximo à cabeça do cavalo e nunca das patas traseiras. Essa barrigueira deve ser melhor firmada no animal. É importante prender bem as pontas.

Cabresto

Com a sela devidamente presa no seu equino, você deverá se ocupar de colocar o cabresto no animal. Posicione a parte mais larga atrás das orelhas do cavalo e encaixe a parte da frente que circunda a cabeça de acordo com a estrutura da peça. Posicione um dedo na abertura da boca do animal para que ele a abra e então coloque o cabresto de maneira que ele pegue sozinho.

Se tiver protetores no seu cabresto cuide para que cada um fique de um lado, colocando assim corretamente o item. A parte que deve circundar as orelhas deve ser colocada com cuidado passando primeiro uma orelha e depois a outra caso o animal tenha orelhas avantajadas. Regule o cabresto para que fique ajustado à cabeça do equino.

Não pode ficar solto, pois senão não cumpre sua função de agir como freio do animal quando necessário. Faça uma revisão para ter certeza de que todas as fivelas e cordas estão devidamente presas.

Considerações

Para pegar o jeito de selar um cavalo corretamente é importante treinar constantemente, pois somente a prática irá te levar à perfeição. Lembre-se de comprar materiais de qualidade para garantir o máximo de bem-estar para os seus equinos e não descuide da higiene e limpeza do cavalo. Um animal que se sente incomodado pode se tornar difícil de manejar no dia a dia.

Lembramos ainda que existem diferentes modelos de sela que podem apresentar variações na forma de ser colocada no animal. Outro ponto importante de mencionar é o de que a sela deve estar adequada ao cavalo, deve ser do tamanho ideal para o equino não fique ‘dançando’ enquanto o cavaleiro maneja seu companheiro de quatro patas. Equipamentos de má qualidade ou que estejam inadequados podem causar problemas com seu animal.

Crie um vínculo com seu cavalo

Para garantir que a sua cavalgada será segura é interessante construir um bom relacionamento com o animal, tornando-o dócil e acostumado a sua presença. Esse contato é importante para que você e o animal consigam estabelecer uma conexão que será proveitosa para as atividades que serão realizadas em conjunto.

Gostou dessas dicas de como selar um cavalo? Deixe seus comentários abaixo!